Colunista

Garatújas Fantásticas

Por: Garatújas Fantásticas

por Roberto Almeida

Tive uma ótima surpresa quando vi um livrão bonito do E.E. Cummings na seção infantil da biblioteca de poesia do Southbank Centre, em Londres. Gosto muito de Cummings pelas propostas visuais, pelo minimalismo, pela precisão e pelo desafio de ler seu trabalho. Tanto desafio que até duvidei que o livrão estivesse na seção certa. Cummings para crianças? Pois sim, Cummings para crianças.

O autor norte-americano (1894-1962) escreveu cerca de 2.900 poemas, boa parte com jogos sensacionais de tipografia, métrica e pontuação. Em Hist Whist and Other Poems for Children, lançado em 1983 e infelizmente já fora de catálogo, os editores colocaram 20 poemas ao lado de ilustrações de David Casalda.

cumming_foto1

O tema central dos poemas de Cummings, em Hist Whist, é a natureza. Ele joga um olhar sereno e instigante sobre o mundo lá fora, que na verdade está dentro da gente. Preciso na escolha e no posicionamento das palavras, com frases construídas de maneira pouco ortodoxa, ele faz com que o leitor sintonize uma frequência diferente para alcançar o significado dos versos.

Ao mesmo tempo, as ilustrações de Calsada funcionam como os olhos de Cummings. Vemos, nas imagens, uma idealização do que o poeta enxergou na natureza antes de escrever os versos. O de cima, por exemplo, é sobre o casal de rouxinóis. Abaixo, o meu favorito, é uma operação poética fabulosa para descrever a lua em um poema curtíssimo.

cumming foto2

O poema começa com uma exclamação, brinca com a palavra round (redonda) entre parênteses, joga com opções de caixa alta e caixa baixa, diverte com aumentativos, usa dois pontos, ponto e vírgula e ainda termina com uma interrogação perdida, lá no fim. Convencional no conteúdo – poemas sobre a lua não são lá uma novidade – e completamente não convencional na forma.
Para crianças? Sim, para crianças, para adultos, para qualquer um.
No poema abaixo, Cummings fala de uma crianças que assiste encantada ao por do sol de novembro. Os versos finais, entre parênteses, são emocionantes.

Em tradução livre:
(e sentindo que: se o dia
tem de virar noite
esse é um jeito lindo)

cumming - foto 3

Apesar do capricho na forma, os poemas de Hist Whist não se resumem a experimentações estéticas. Há outros bastante sonoros, perfeitos para serem lidos em voz alta. Abaixo, o passeio de quatro crianças – Maggie, Milly, Molly e Mae – à praia e o que isso significa.

cumming - foto 4

Em tradução livre:
Para qualquer coisa que perdemos (como um você ou um eu)
é sempre nós mesmos que encontramos no mar.

Como só foi publicado no Reino Unido em 1983, Hist Whist and Other Poems for Children tem edições caríssimas. Mas, com sorte, é possível encontrar uma usada por menos de uma libra (R$ 3,80) na Amazon britânica. A minha, que estava como nova, eu consegui por £1,50 (R$ 6). Pechincha!

Compartilhe:

   
Garatújas Fantásticas
Garatújas Fantásticas

Com foco em arte e literatura, o Garatujas Fantásticas é uma iniciativa do Estúdio Voador, uma ponte para que adultos e crianças experimentem o mundo juntos, troquem olhares e experiências.