Novidades

Por: comKids (Redator)

A abertura recente de dois editais para fomento de cinema é uma boa oportunidade para os produtores que desejam levar adiante seus projetos. Um deles é o Edital de Cinema 2016 do BNDES com orçamento de R$ 15 milhões em recursos não reembolsáveis. A novidade deste ano nessa convocatória é a seção destinada especialmente a animadores, uma categoria criada para curtas de animação. Além das criações em animação, o edital do BNDES ainda vai selecionar 15 longas-metragens de ficção, documentário, coprodução com América Latina e em fase de finalização. As inscrições no Edital de Cinema 2016 BNDES vão até o dia 27 de junho.

Leia mais sobre o Edital de Cinema 2016 do BNDES

O outro edital aberto tem inscrições de 24 de abril a 25 de maio de 2016 . Trata-se do Edital de Curtas-Metragens da Spcine. A organização investe R$ 1,8 milhão na produção de novas obras de curta duração. Além dos tradicionais curtas-metragens, também podem participar projetos de animação e cinema experimental e imersivo. Essa convocatória é resultado do diálogo entre a Spcine e diversos grupos e visa dar equilíbrio social à escolha dos criadores. Por isso, dentro dos parâmetros de seleção do edital, há uma cota dedicada à promoção da paridade de gênero e à produtorxs negrxs, mulheres transexuais, homens trans, travestis, indígenas e pessoas com deficiência.

Leia mais sobre o Edital de Curtas-Metragens da Spcine

Imagem do destaque: Filme “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho, premiado na edição 2014 do edital do BNDES e nominado ao Festival Cannes em 2016. Imagem: Victor Jucá / Cinemascópio, extraída de cinema.uol.com.br