Novidades

Por: comKids (Redator)

Mostra chega aos 15 anos com a inclusão de uma janela competitiva internacional.

A edição 2016 da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis recebeu 153 curtas-metragens inscritos. Desse número, foram selecionados 57 filmes brasileiros e seis estrangeiros. Veja a lista completa de selecionados mais abaixo nesta postagem. São Paulo é o estado que lidera a lista com supremacia, com 22 títulos. Depois de SP, entre os estados com mais filmes selecionados, estão o Rio de Janeiro com sete; Minas Gerais e Santa Catarina com seis; Bahia, com cinco; e Espírito Santo com três. Na categoria internacional, há curtas do Chile, Venezuela, Colômbia, Canadá e Espanha. Entre os filmes brasileiros há 31 animações, 20 ficções e seis documentários. Já entre os estrangeiros são quatro animações, uma ficção e um documentário.

coisamalu-malu

Coisa-Malu, de Paula Cintra Ferreira e Tobias Rezende. Uma das produções selecionadas pela comissão. Divulgação

Para as produções nacionais, em parceria com a TV Brasil, o festival concederá quatro prêmios: Melhor Animação e Melhor Ficção, escolhidos pelo Júri Oficial; Prêmio Júri Popular, concedido pelo voto do público; e o Prêmio Especial, apontado por um júri formado por crianças. Todos receberão o prêmio aquisição da TV Brasil no valor de R$ 5 mil. Os seis melhores filmes estrangeiros recebem troféu da Mostra e serão exibidos em sessões especiais, com dublagem ao vivo.

Além das janelas competitivas, o festival apresenta sessões de filmes de curta e longa-metragem de todo mundo, destacando diretores e também realizando um fórum político. Realizada há 15 anos, a Mostra já fez mais de 500 mil espectadores e foi definitiva para desencadear políticas nacionais para o cinema infantil. A 15ª edição da Mostra ocorre no Teatro Pedro Ivo, de 2 a 10 de julho.

MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL

1. A Árvore e o Beijo (de Cristiano Requião, RJ, ficção, 2015, 10’)
2. A menina e a fada da luz – Suelen encontra uma amiga (de Alan Nóbrega, RJ, animação, 2016, 7’35’’)
3. Amor é uma coisa (de Anderson Lima, SP, documentário, 2015, 2’35’’)
4. A mulher dos três desejos (de Alunos da Escola José Cupertino, ES, animação, 2015, 3’10’’)
5. A orelha de Van Gogh (de Thiago Franco, MG, animação, 2015, 10’50’’)
6. Aquitã, o indiozinho (de Frata Soares, RJ, animação, 2015, 4’15’’)
7. Aventure-se na leitura! (de Camila Cavalcanti Zeferino e Thayssa da Silva Telles, RJ, animação, 2015, 1’25’’)
8. A vida é tão boa (de Alcione Alves, SP, animação, 2016, 3’)
9. Bá (de Leandro Tadashi, SP, ficção, 2015, 14’10’’)
10. Bom dia pé de coco (de Coletivo Cinema e Sal, BA, documentário, 2015, 6’45’’)
11. Bubble (de Daniela Bragaglia e Marina Pinho, SC, animação, 2014, 1’20’’)
12. Cabeça de Ovo: Corridinha (de Erick Ricco, MG, animação, 2015, 1’05’’)
13. Cabeça de Ovo: Festinha (de Erick Ricco, MG, animação, 2015, 1’05’’)
14. Calendário do som – 26 de dezembro (de Rodrigo Lamy, SP, animação, 2015, 2’20’’)
15. Coisa-Malu (de Paula Cintra Ferreira e Tobias Rezende, SP, ficção, 2015, 15’)
16. Cordilheira de amora II (de Jamille Fortunato, MS, documentário, 2015, 12’)
17. Criança pergunta, criança responde: leis e regras (de Anderson Lima, SP, documentário, 2015, 3’35’’)
18. Entrevista de Emprego (de Thiago Penteado, PR, ficção, 2015, 14’)
19. Escargot (de Laira Ávila, Priscila Trifiletti e Ricardo Lobato, MG, animação, 2011, 1’15’’)
20. E.T. R.O.N.A.L.D.O (de Edison Rodrigues e Pedro Antoniutti, RS, ficção, 2015. 14’15’’)\
21. Fadas magrinhas (de Daniel Edmundson e André Hora, PE, animação, 2015, 3’25’’)
22. Fora da caixa (Edemar Miqueta, SC, animação, 2013, 4’30’’)
23. Grandes amigas (de Fernanda Turtera Masironi, SP, animação, 2015, 1’30’’)
24. H2Obby (de Fávia Lopes Trevisan, SP, animação, 2015, 3’50’’)
25. Hora do Lanchêêê (de Claudia Mattos, RJ, ficção, 2015, 14’50’’)
26. Insustentarte (deThiago Ottoni, GO, animação, 2015, 3’40’’)
27. Kafango (de Eduardo Souza Lima, RJ, documentário, 2016, 7’10’’)
28. Klaus e Asteróide (de Iliana Fantin, SC, animação, 2015, 4’)
29. Lápis sem cor (de Iuri Moreno, GO, ficção, 2016, 15’30’’)
30. Lena e o mundo do faz de conta (de Beatriz Buck e Lidiane Volpi, SP, ficção, 2015, 15’40’’)
31. Mãe de giz (de Almir Correia, PR, animação, 2015, 5’45’’)
32. Meninos e Reis (de Gabriela Romeu, SP, documentário, 2016, 16’05’’)
33. Meu pai (de Ana Luiza Azevedo, RS, ficção, 2014, 13’)
34. Meu tio que me disse (de Vanusa Angelita Ferlin, SC, ficção, 2015, 9’40’’)
35. Minha amiga repetente (de Anderson Lima, SP, ficção, 2015, 4’25’’)
36. Mitologia Afro-Brasileira – Iemanjá Yemoja: A criação das ondas (de Célia Harumi Seki, SP, ani-mação, 2016, 9’15’’)
37. Mundos Paralelos (de Alessandra de Almeida Martins, SP, animação, 2015, 1’05’’)
38. Não custa nada (de Edu Pereira, RJ, ficção, 2014, 14’)
39. No fim da trama (de Patrícia Monegatto, SC, ficção, 2016, 13’)
40. Número de série (de Jessica Queiroz, SP, ficção, 2015, 15’)
41. O bicho do buraco (de Alunos da Escola Benônio Falcão de Gouveia, ES, animação, 2015, 3’10’’)
42. O contrabaixo (de Ducca Rios, BA, animação, 2015, 1’30’’)
43. O jovem príncipe (de Ducca Rios, BA, animação, 2015, 3’)
44. O Melhor som do mundo (de Pedro Paulo de Andrade, SP, ficção, 2015, 13’)
45. O Menino e a Caixa Misteriosa (de Leonardo Maximiano e Andriele Torres, SP/RN, ficção, 2015, 8’20’’)
46. O monstro e a floresta (de Alunos da escola municipal Raimundo Medrado Primo, BA, animação, 2015, 4’30’’)
47. Os atrasos da Sol (de Alessandra de Almeida Martins e Henrique Ajala, SP, ficção, 2015, 10’40’’)
48. O sumiço da comida (de Ducca Rios, BA, animação, 2015, 7’)
49. Os Under-Undergrounds (de Nelson Botter Jr., SP, animação, 2015, 11’30’’)
50. Penedo (de Alunos da Escola Anacleta Schneider Lucas, ES, animação, 2015, 2’25’’)
51. Pólen pólen (de Leandro Teichimann, SP, animação, 2016, 3’25’’)
52. Por que vemos colorido? (de Fabiano Bomfim e Marcela Werkema, MG, animação, 2015, 3’10’’)
53. Profissão criança – A neurologista (de Anderson Lima, SP, ficção, 2015, 2’50’’)
54. Quem não tem cão (de Cíntia Domit Bittar, SC, ficção, 2015, 13’)
55. Sublime Cor do Teu Silêncio (de Fernando Fernandes, SP, ficção, 2015, 14’45’’)
56. Uótizap (de Marcelo Branco, MG, animação, 2015, 1’)
57. Virando gente (de Analúcia Godoi, SP, animação, 2013, 9’45’’)

MOSTRA COMPETITIVA INTERNACIONAL

1. Cuerdas (de Pedro Solís, Espanha, animação, 2014, 10’)
2. Dent sucrée – Sweet tooth (de Paméla Bisson, Canadá, ficção, 2015, 7’50’’)
3. El columpio (de George Rojas, Venezuela, animação, 2016, 8’50’’)
4. Guillermina y Candelario – A história da feiticeria (de Marcela Rincón Gonzáles, Colombia, animação, 2013, 12’)
5. Pichintun (de Patricio Peloso, Chile, animação, 2015, 7’50’’)
6. The cloud machine (de Claudia Menendez, Chile, documentário, 2013, 5’35’’)

Imagem do destaque: O Melhor som do mundo (Pedro Paulo de Andrade), divulgação.