Colunista

Garatújas Fantásticas

Por: Garatújas Fantásticas

Quatro dias de evento, com grandes nomes da animação e da construção de personagens. O feriado, em Berlim, foi intenso. E ainda mais especial para o Garatujas Fantásticas porque, nesta edição de 10 anos do Pictoplasma, nossa diretora de arte, Tartaruga Feliz, foi parte da exposição com o Pi – uma ervilha supercarinhosa.

foto de Paulo Borgia

foto de Paulo Borgia

A cobertura do Pictoplasma Festival 2014 segue no Garatujas ao longo da semana. Aqui no Comkids, adiantamos algumas atrações que vimos e adoramos, e ainda, no final do post, voltamos no ano passado para relembrar com vocês o que rolou.

Aproveitem e até!

PRIMEIRO DIA DE ANIMAÇÕES NO PICTOPLASMA!

Acordar, ir ao Babylon, em Berlim, e assistir a uma hora de animações é uma das coisas que eu mais gosto de fazer na vida. E foi justamente o que fiz nesta manhã. O recorte veio de diferentes criadores de personagens, gente muito talentosa, de vários cantos do mundo, e que eu admiro demais – do que já pude ver por aí, esses profissionais são os melhores na minha opinião. Escolhi, então, duas animações que eu sei que vocês vão adorar.

A primeira, chamada PLUTO 3000, é do Fabio Tonetto, amigo que estudou comigo no Pictoplasma Academy e que trabalha com personagens feitos de massinha. Vou mostrar um exemplo pra vocês entenderem como a cabeça dele funciona antes de ver a animação:

tumblr_n3lwubP5eB1sk521lo1_1280

É maluco e bonito demais, né? A animação segue na mesma linha:

PLUTO 3000 from Fabio Tonetto on Vimeo.

A outra é muito engraçada! O animador Kristof Luyckx nos apresenta monstros fazendo covers de músicas que a gente adora! Eles cantam tão bem quanto eu – hahahaha!

A primeira é um cover de “Wind of Change”, da banda The Scorpions“.

The Scorpions – Wind of Change (cover version) from Kristof Luyckx on Vimeo.

Agora vamos escutar “Gravel Pit”, do “Wu-Tang Clan”:

Wu-Tang Clan – Gravel Pit (cover version) from Kristof Luyckx on Vimeo.

Para finalizar, “Enjoy The Silence” do “Depeche Mode“:

Depeche Mode – Enjoy The Silence (cover version) from Kristof Luyckx on Vimeo.

Não é incrível? Tem mais covers engraçados aqui.

E fica com a gente. Tem muita coisa legal acontecendo e eu vou mostrar tudo pra vocês! :)

RAFAEL PARRA TORO E SEU AMIGO GEOMÉTRICO

Nesta semana, estou montando uma exposição com o Pictoplasma  – evento que cobrimos no ano passado. E ainda mais feliz por fazer isso ao lado de amigos que estudaram comigo no Pictoplasma Academy, um programa lançado para ensinar artistas visuais a criar e desenvolver personagens com olhar crítico, já que ninguém entende mais desse assunto do que eles.

Entre uma exposição e outra, vou entrevistar alguns amigos e mostrar o trabalho deles pra vocês, aqui no Garatujas Fantásticas. A primeira foi a Ninna. Agora, apresento o Rafael Parra Toro, um venezuelano gente boa que trabalha com efeito “kinetic”, que brinca com os nossos olhos e faz a gente acreditar que o personagem está vivo! Preparados? Lá vai!

Who are you and where do you live? Can you show us a picture of your neighborhood? 
I am Rafael Parra Toro, born in Venezuela and I live in Buenos Aires, Argentina, because it is one of the places I like the most in the world. This is my neighborhood

Quem é você e onde você mora? Mostra pra gente uma foto do seu bairro? Eu sou o Rafael Parra Toro, nasci na Venezuela e moro em Buenos Aires, na Argentina, porque é um dos lugares que eu mais gosto no mundo. Este é o meu bairro favorito: (nota da Tartaruga: reparem nas árvores! =O)

MyNeighborhood

Did you use to draw when you were a kid? When did you decide to become an illustrator? I made a LOT of characters when I was a kid, actually I’m not an illustrator, I’m an engineer, but my passion for art and character design became more and more important for me.

Você foi uma criança que desenhava sem parar? Quando decidiu trabalhar com ilustração? Eu fiz um MONTE de personagens quando era criança. Na verdade, não sou ilustrador, sou engenheiro, mas minha paixão por arte e desenho de personagens foi ficando mais e mais importante para mim com o tempo.

SelfishSelfieBig
Did you always drew geometric characters? How do you create this “kinetic” effect on your drawings? It looks like they’re always alive!
Yes, I’ve always have a passion for geometry, and descriptive geometry was crucial for my career; I create the “kinetic” effect by using an optical illusion called “moiré”, and color inductions. About the characters, they actually are alive… they have a perpetual energy, they live as you live, they move as you move.. they are beings that seem to exist on the way you exist and notice their presence.

Você sempre desenhou personagens geométricos? Como você cria esse efeito “kinetic” nos seus desenhos? Parece que eles estão sempre vivos! Sim, sempre fui apaixonado por geometria, e geometria descritiva foi crucial para minha carreira! Eu criei o efeito “kinetic” usando uma ilusão de ótica chamada “moiré” e algumas cores para indução. Agora, o personagem está vivo sim! Ele tem uma energia perpétua, ele vive como você vive, ele se move quando você se movimenta… ele é um ser que parece existir somente quando você repara na presença dele.

unnamed

I remember you showed me a game you were creating for iphone. Can you tell us about that?
Of course! I can’t tell you the name yet, but it’s going to be about feeding a very hungry monster who eats polygonal characters, it’s going to be really funny!

Lembro que você me mostrou um jogo que você estava criando para iPhone. Conta pra gente sobre ele?

Claro! Eu ainda não posso te contar o nome, mas o jogo vai ser sobre alimentar um monstro bem faminto e que come personagens em forma de polígonos. Vai ser muito divertido! (Nota da Tartaruga: quando ele lançar eu posto aqui pra gente jogar!)

What is your creative process? How do you come up with ideas for your installations and games? 
I first put myself into a special mood. It’s a happy mood where everything flows naturally, and it’s easy; then I know I will have to confront a very complex production process, but in that moment I am fearless, because I know where I want to go.

Como é seu processo criativo? Como você faz para ter ideias para suas instalações e jogos?

Primeiro eu me coloco em um senso de humor especial. É um senso de humor feliz onde tudo flui natural e facilmente. Daí eu sei que vou ter que confrontar uma parte bem complexa da produção, mas naquele momento eu sou destemido, porque eu sei onde quero ir.

MeandMywork

About the exhibition with Pictoplasma at the end of the month, can you show us what you’re going to exhibit and tell us a little bit about it? : ) 
OF COURSE, in fact, I am premiering it in Garatujas Fantasticas which is a very good magazine. It is called “Eternal Colorful Smile” and it’s all about that.. an endless happy energy that involves yourself, I hope you all have a chance to see it in Berlin, as well as many amazing artworks from my colleagues.

Sobre a exposição com o Pictoplasma, você pode nos mostrar o que você vai exibir e contar um pouquinho sobre o seu personagem?  CLARO QUE SIM! Na verdade, eu vou mostrar em primeira mão aqui no Garatujas Fantásticas, que é um site muito bom! (EBA!!!). Meu personagem se chama “Eternal Colorful Smile” (Eterno Sorriso Colorido, em inglês) e o nome já diz tudo. Uma energia infinita de alegria que nos envolve, espero que todos tenham a chance de vê-lo em Berlim, junto com tantos outros trabalhos maravilhosos dos meus amigos.

Para os que não podem ver em Berlim, o Rafa mandou um vídeo:

Kinetic Character – ParraTORO from Parra TORO on Vimeo.

What do you want to be when you grow up?
I feel like a child, and I never stop dreaming.. I still want to make a flying car some day! haha.. I think investigation is what I like to do the most in my life.. I want to be a mathematician and an artist at the same time.

O que você quer ser quando crescer, Rafa? Eu me sinto igual criança e nunca parei de sonhar. Eu quero fazer um carro voador um dia! Haha! Eu acho que investigação é o que eu mais gosto de fazer na vida. Eu quero ser um matemático e um artista ao mesmo tempo.

Quer ver mais coisas legais do Rafa? Ele tem site, facebook, twitter e manda um abraço pra vocês!

NINNA THORARINSDOTTIR E SEUS BRINQUEDOS MUSICAIS

Conheci a Ninna no Pictoplasma Academy. Ela chegou com seu filho no colo e lembro que minha reação foi de admiração profunda. Quanta energia! Depois que conversamos fiquei encantada com o trabalho dela. Um de seus projetos que vou mostrar aqui ganhou meu coração. Personagens geométricos e que ainda por cima são instrumentos musicais para as crianças é uma combinação danada de boa! Bati um papo com a islandesa e você pode ler abaixo (em inglês e português):

Who are you and where do you live?
My name is Ninna Thorarinsdottir, born and raised in Akureyri, Iceland (a small town in the north). I graduated as a designer from Design Academy Eindhoven in 2006. After that I have been traveling and working, for now I´m living in Gothenburg, Sweden to do my MA degree in Child Culture Design.

Quem é você e onde você mora?
Meu nome é Ninna Thorarinsdottir, nasci e fui criada em Akureyri, Islândia (uma cidade pequena no norte do país).

Me formei em design pela Design Academy Eindhoven em 2006. Depois disso eu comecei a viajar e trabalhar, e agora estou morando em Gothenburg na Suécia onde faço meu mestrado em Design da Cultura da infância.

61337_743133292371713_203858525_n

Did you use to draw when you were a kid? When did you decide to become an illustrator?
I did draw a lot as a young kid but at some point that stopped because I didn’t believe my drawings were good enough. It all started again much later, during my internship in 2005 at an amazing studio in London called Tundra. They asked me to draw for a project and I just did it and haven’t really been able to stop since. I never really decided to become an illustrator, I just draw and fortunately happen to get quite a lot of illustrator jobs and love it :)

Você desenhava quando era criança? Quando você decidiu se tornar ilustradora?
Fiz muitos desenhos quando era criança mas em um certo ponto eu parei por que achava que meus desenhos não eram bons. Tudo começou novamente um tempão depois, durante o meu estágio em 2005 em um estúdio em Londres chamado Tundra. Eles me pediram pra desenhar para um projeto e eu fiz e não consegui mais parar desde então. Eu nunca decidi me tornar ilustradora, eu simplesmente desenhei e felizmente comecei a pegar muitos trabalhos de ilustração e eu amei! : )

1619142_743131355705240_510771601_n

1604580_743132815705094_479564560_n

What is your creative process? How do you come up with ideas for your drawings and toys?
My process is always very different but always starts by sketching up a style. I always try to push myself to try new methods. Probably because I´m a trained designer so I have the urge to always needing to test different styles and methods no matter if I know how to or not, hence my work is often all over the place.

Qual seu processo criativo? Como você faz para ter ideias para seus desenhos e brinquedos?
Meu processo é sempre diferente mas sempre começa com um rascunho de um estilo. Eu sempre tento puxar meus limites e tentar novos métodos. Provavelmente por que eu sou designer então tenho um impulso de sempre testar estilos e métodos diferentes não importando se eu conheça ou não; consequentemente meu trabalho muitas vezes segue caminhos completamente diversos.

1609845_743135365704839_1270104815_n

1780764_743135369038172_63023920_n

What’s the process to create your musical toys? I love them!
It’s a project I made for school, our assignment was to choose an artifact from the exhibition ‘Century of the child’ and make a paraphrase from that. I choose a big soft animal that made sounds. That was my starting point, wanting to make something that made sound so I decided to make a toy band.

This time I wanted to experiment with a new approach, not drawing at all. I bought some nice colored paper, cut out different shapes and glued together to create models. I was really happy with the outcome. Then from those paper models I had to find a way to make a physical and usable toy. I tried different methods, for example 3d printing, sewing textile and carving foam. I ended up translating the paper models into a illustrator drawing, cutting them down into smaller shapes then laser cutting them in wood and felt and eventually putting together.

1604675_743150402370002_297482313_n

Qual o processo para criar seus instrumentos musicais? Eu adoro eles! 
É um projeto que eu fiz para a escola, a nossa tarefa era escolher um artefato a partir da exposição “Century of the child” e fazer uma paráfrase disso. Eu escolhi um grande animal macio que faz sons. Esse foi o meu ponto de partida, queria fazer algo que emitia som, então eu decidi fazer uma banda de brinquedo.

Desta vez eu quis experimentar com uma nova abordagem, sem desenhar nada. Eu comprei papéis coloridos, cortei diferentes formas e colei tudo para criar modelos. Fiquei muito feliz com o resultado. Em seguida, a partir desses modelos de papel eu tive que encontrar uma maneira de fazer um brinquedo físico e utilizável. Eu tentei diferentes métodos, por exemplo impressão em 3D, costura têxtil e escultura em isopor. Acabei traduzindo os modelos de papel em um desenho ilustrado, cortando-os em formas menores, e em seguida, cortei com laser em madeira e feltro e juntei tudo.

1781872_743163942368648_1671922245_n

What do you want to be when you grow up?
I think I just want to be “better” I believe it is good to think that you can always get better, I want to be a better designer, better friend, better cook, all better :)

O que você quer ser quando crescer, Ninna?
Eu acho que eu só quero ser “melhor”. Acredito que é bom pensar que você sempre pode melhorar, eu quero ser uma designer melhor, uma amiga melhor, uma cozinheira melhor, tudo melhor : )

1239648_10151826895017899_1271739054_n

Para conhecer mais o trabalho da Ninna, é só visitar o site dela!

Compartilhe:

   
Garatújas Fantásticas
Garatújas Fantásticas

Com foco em arte e literatura, o Garatujas Fantásticas é uma iniciativa do Estúdio Voador, uma ponte para que adultos e crianças experimentem o mundo juntos, troquem olhares e experiências.