Colunista

Garatújas Fantásticas

Por: Garatújas Fantásticas

por Thais Caramico

Gente Menuda nasceu como uma seção da revista espanhola Blanco y Negro, em janeiro de 1904, e acabou virando um suplemento independente em 1932, quando é reconhecida por sua melhor época, apresentando assim textos e ilustrações de importantes nomes. Os escritores Carlos Luis de Cuenca e María Atocha Ossorio y Gallardo, e os ilustradores Elena Fortún (criadora da personagem Celia, depois levada para uma série de TV) e Francisco López Rubio eram alguns dos profissionais envolvidos no projeto. Em 1936, por conta da Guerra Civil Espanhola, ela deixou de ser publicada.

Há dois anos, o Museo ABC reuniu 25 capas da revista para uma exposição-tributo, como acabamos de ver no site do museu. Segundo o curador Felipe Hernandez, que também é um grande cartunista (coletivo El Cubri), a mostra tinha como objetivo apresentar a revista como uma publicação vanguardista em termos de estética e narrativa.

O texto da exposição pode ser lido neste link, e algumas das capas da revista você já vê abaixo. Se quiser saber mais, clique no 50watts, de onde trouxemos essas imagens. E Laura Teixeira: obrigada pela dica!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Compartilhe:

   
Garatújas Fantásticas
Garatújas Fantásticas

Com foco em arte e literatura, o Garatujas Fantásticas é uma iniciativa do Estúdio Voador, uma ponte para que adultos e crianças experimentem o mundo juntos, troquem olhares e experiências.