Novidades

Por: comKids (Redator)

Histórias infantis viram cenas pelo olhar de crianças em oficinas realizadas em cidades do interior de São Paulo e em Fábricas de Cultura do Estado

FB-mis-miracatu

Crianças assistem a vídeo que elas mesmas fizeram. Miracatu (São Paulo). Foto: comKids 2014

Desde março de 2014, o comKids vem fazendo parte da programação cultural que o programa Pontos MIS difunde no interior de São Paulo.  A iniciativa é do Museu da Imagem e do Som e da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Nossa equipe educativa oferece as oficinas dentro desse programa que leva atividades de circulação e de difusão cultural a municípios paulistas. Desde o ano passado, já realizamos oficinas em mais de 50 municípios do Estado.
Nas cidades que visitamos, centenas de crianças e adolescentes participaram da oficina “Histórias que viram filme, gravando histórias de livros!”, uma proposta de reflexão e experimentação, especialmente idealizada para o público infantil, acerca das diferentes formas de criar narrativas na literatura e no meio audiovisual.

Na oficina, a animação brasileira “Trudi e Kiki” (Um Filmes, desenvolvida por Eva Furnari, Ricardo Kodo e Arnaldo Galvão e dirigida por Eva Furnari), que gerou o livro homônimo, da mesma autora, é o ponto de partida para a descoberta de novas formas para uma mesma história. A leitura da história do livro é seguida da exibição do filme, para que as crianças avaliem e conheçam as possibilidades da adaptação de texto literário para a linguagem audiovisual.

Trudi e Kiki from Kodo on Vimeo.

Na parte prática da oficina, as crianças fazem dois exercícios. Primeiro, através da construção de um storyboard, elas escolhem personagens e lógicas de narrativa para reproduzir um trecho do livro não explorado no curta. Em seguida, esse pré-roteiro é, então, encenado pelas crianças. Nesse momento, elas fantasiam e criam personagens e ações para uma cena a ser filmada, com base na história das duas bruxinhas

A formação do olhar é uma das missões das oficinas comKids. Por isso, além da atividade prática, as crianças são instigadas a pensar sobre o que é o audiovisual e o que é uma adaptação literária. Na oficina, ainda respondem a uma ficha de avaliação crítica do filme, para reforçar a postura ativa que queremos obter diante do vídeo assistido.

A oficina, de duração de quatro horas, é oferecida preferencialmente para crianças de 6 a 12 anos. Na maioria das vezes, as atividades são ministradas por uma dupla de oficineiros, o que facilita a dinâmica e potencializa a realização do trabalho, mas, por vezes, também oferecemos oficinas com apenas um mediador.

Acreditando na importância de uma programação como a do Pontos MIS, que difunde mostras e oficinas por cidades muitas vezes carentes no acesso a bens culturais – principalmente para jovens e crianças – temos satisfação em continuar a fazer parte desse projeto!

Itariri

Encenação proposta pelas crianças. Itariri (São Paulo). Foto: comKids 2014

Itaoca

Plateia cheia, Itaoca. Foto: comKids 2014

destak_pontos_mis

Criança desenha traços a partir do livro Trudi e Kiki. Foto: comKids 2014

“Gravando histórias de livros!” é apenas uma das oficinas comKids, que vêm sendo realizadas em centros culturais, escolas e projetos sociais desde 2010. Outros formatos de atividades estão disponíveis dentro de nosso repertório de formação. A equipe de oficineiros comKids é composta por Daniel Leite, Paula Tedrus, Priscila Fonseca, Laura Carmona e Yara Carmona, com coordenação de Giovana Botti. Para saber mais sobre as atividades que realizamos, escreva para [email protected] , ou ligue para (11) 3167-0020.

No destaque: aluno assiste a Trudi e Kiki. Dois Córregos. Foto: comKids 2014