Novidades

Por: comKids (Redator)

Contar histórias é uma forma de encontro, a abertura de um diálogo de afeto para todos os públicos, e os contos de tradição oral permanecem vivos, fortes e dinâmicos na preservação da história e da cultura. Toda a diversidade dos contadores é tema de um evento internacional gratuito esta semana em São Paulo, o Encontro Internacional de Contadores de Histórias – Boca do Céu.

Até o dia 21 de maio uma intensa programação do evento vai ocupar vários endereços da capital paulista: o Itaú Cultural, na avenida Paulista, a Biblioteca Mário de Andrade, na região central, e Fábricas de Cultura. Oficinas, debates, rodas de contadores para crianças e adultos, espetáculos para escolas e cortejos estão na programação da semana. Também são previstas ações de formação para contadores e conversas sobre narração.

O encontro internacional foi criado pela contadora de histórias, professora da ECA-USP e pesquisadora das histórias de tradição oral, Regina Machado, também curadora do Boca do Céu. O evento já está na sétima edição e atrai um público diversificado interessado na narração de histórias: crianças, famílias inteiras, educadores, bibliotecários, produtores, atores e outros profissionais dos mais diferentes tipos de mediação cultural.

382

Boca do Céu, edições anteriores. Foto: Pedro Prata.

526

Boca do Céu, edições anteriores. Foto: Pedro Prata.

Convidados especiais

A edição deste ano terá como foco a diversidade. A tradição oral nacional tão importante na cultura indígena e na tradição afro-brasileira será representada por convidados de diversas regiões do país, a exemplo de Daniel Munduruku, escritor paraense, da Aldeia Munduruku, um dos maiores nomes da literatura indígena, com mais de 40 livros publicados e diversos prêmios literários, entre eles o Prêmio Jabuti.

Entre os convidados internacionais está Bernadette Bricout, professora emérita da universidade Paris Diderot, pesquisadora em tradições orais francesas. Também da França, outra presença confirmada é de Ludovic Souliman, com seus relatos de detentos colhidos em prisões europeias. Da Colômbia, Carolina Rueda trará a experiência da coordenação da mostra de contadores do Festival Ibero-americano de Teatro de Bogotá, um dos maiores do mundo. E da Índia o Boca do Céu vai receber Geeta Ramanujam, contadora de histórias e educadora de Mumbai. Conheça outros destaques nacionais e internacionais da programação.

594

Boca do Céu, edições anteriores. Foto: Pedro Prata.

Imagem do destaque: Boca do Céu, edições anteriores. Foto: Pedro Prata.