Novidades

Por: comKids (Redator)

O espetáculo “Sem Fim”, estreia dia 11 de abril de 2015, às 12h, no Sesc Belenzinho, por uma curta temporada (até 21 de abril).

SEM FIM - foto FBarella net

Foto: F. Barella

Quando nascemos, nosso universo é pequeno e acolhedor: colo da mãe, berço, colo do pai, berço, colo da vó, berço. À medida que crescemos, começamos a perceber o mundo além do nosso umbigo. Ao olhar para o céu percebemos que somos um pontinho minúsculo suspenso na imensidão desconhecida do Universo. E surgem muitas perguntas: De onde viemos? Quem somos? Para onde vamos? Houve um princípio? Haverá um fim?
Essas são algumas das perguntas que a apresentação infantil “Sem fim” coloca. O espetáculo, inédito na cidade, é um híbrido: é dança, mas também é teatro, tem texto, mas tem movimentos, coreografia. A frase “penso, logo existo” é o mote inicial de Sem Fim, que além de ter Diane Ichimaru e Marcelo Rodrigues em cena, conta com a exclusiva trilha sonora de Rafael dos Santos, que mescla os gêneros erudito e antigo, acrescentando “pitadas” de música progressista, e o faz utilizando trompa, percussão, piano, viola, violino, contrabaixo e alguns efeitos de sintetizadores.

Foi a partir da leitura de um dos opúsculos morais do poeta, ensaísta e filólogo italiano Giacomo Leopardi que Diane Ichimaru, da Confraria da Dança, teve a ideia de colocar em cena questões filosóficas da existência. Essa leitura do pequeno texto de Leopardi aconteceu em 2007, e de lá para cá, a artista pesquisou e conceituou o que poderia, dentro da filosofia, interessar a si e aos pequenos, já que é na infância que eles se descobrem parte de uma imensidão, de um universo infinito e essa constatação os enche de dúvidas e incertezas. E essa realidade é sempre assustadora.

Trilha Musical
A trilha musical foi especialmente composta para o espetáculo por Rafael dos Santos, que ousou na mescla de elementos da música erudita, à música antiga colocando “pitadas” de música progressista. A afinidade de trabalho entre a Confraria da Dança e o compositor arranjador e pianista Rafael dos Santos vem de experiências anteriores a esse projeto.

A Confraria da Dança
Diane Ichimaru e Marcelo Rodrigues fundaram a Confraria da Dança em 1996 na cidade de Campinas/SP. Seus projetos direcionados à pesquisa de linguagem, criação e manutenção de espetáculos autorais acumulam premiações da FUNARTE/Ministério da Cultura, Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, entre outros.

Ficha Técnica
Criação e interpretação: Diane Ichimaru e Marcelo Rodrigues/ Direção artística, texto, cenografia e figurinos: Diane Ichimaru/ Trilha musical: Rafael dos Santos/ Plano de iluminação: Marcelo Rodrigues/ Produção: Confraria da Dança

Serviço
Estreia dia 11 de abril de 2015, às 12h
Temporada: Sábado e domingo, às 12h, até 19 de abril
*Espetáculo extra no feriado do dia 21 de abril às 12h
Sesc Belenzinho – Teatro
Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho – Tel.: (11) 2076-9700
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante); R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes [Credencial Plena]).
Capacidade: 382 lugares/ Duração: 50 min/ Classificação: Livre

SEM FIM 4302 - foto FBarella net

Foto: F. Barella