Novidades

Por: Giovana Botti (Redator)

Canais de TV, de Youtube e produtoras de audiovisual dedicados ao público infantojuvenil têm se adaptado aos novos tempos de crise em razão do Covid-19 e as restrições causadas pela necessidade de isolamento social. Sem escola, com a rotina alterada e impossibilitadas do contato com amigos e parentes, as crianças encontram informações e entretenimento na programação das telas eletrônicas que podem contribuir para facilitar o engajamento infantil na quarentena e em novas práticas de prevenção à doença.

Na leva de novas produções há conteúdos com dicas de proteção, espaços abertos para crianças que podem registrar seus momentos na quarentena e para pais que procuram as melhores formas de conversar com seus filhos sobre a crise. Na internet, na TV, em infográficos, animação, podcasts ou lives, os projetos apontam para conteúdos de responsabilidade social, na busca por narrativas adequadas para o público infantil, linguagem e formatos atraentes. A quarentena também aumentou o consumo de TV por assinatura, de serviços de streaming e a programação ganhou outras vertentes multiplataformas, com games e atividades nas redes sociais.

Personagens
Para falar ao público infantil, a força dos personagens é uma ajuda de peso para muitas das produções. Luna (O Show da Luna – Pinguim Content/Discovery Kids), a curiosa menina de seis anos de idade, que sempre foi apaixonada pela ciência, dá dicas de prevenção. A caminho da sexta temporada, a animação brasileira sempre teve a marca da investigação científica pelo cotidiano infantil. Em razão da pandemia, a produtora Pinguim Content lançou uma cartilha digital temática “Mas afinal, o que é o coronavírus?”, na qual Luna explica sobre a doença para Júpiter e Cláudio. Esse material, traduzido para o inglês e espanhol, está sendo distribuído pela plataforma Discovery Education, e tem um alcance impressionante. A série está presente em mais de 90 países.

Com a busca por informações sobre as formas de proteção à pandemia, o vídeo “Uma Mão Lava a Outra”, da terceira temporada, se tornou ainda mais popular no canal da animação no Youtube.

A Sesame Workshop criou peças de animação e material em infográfico na internet para ajudar as famílias. Em “Cuidando um do outro”, a criança pode, por exemplo, aprender a tossir e espirrar no braço ou no cotovelo com o monstrinho azul Grover, da Vila Sésamo.

A série de animação brasileira transmídia O Diário de Mika (Supertoons) criou vídeo em que a protagonista ensina maneiras de prevenção ao vírus. Como produto voltado ao público pré-escolar, o vídeo fala de cuidados básicos, como lavar as mãos e evitar aglomerações. Disponível no canal da série no Youtube.

A Nickelodeon também lança mão de seus personagens de público cativo para chamar atenção para a proteção contra a doença. Com a campanha multiplataforma #GaleraUnida, vídeos curtos com célebres protagonistas do canal, como o Bob Esponja, que ajudam com dicas do que fazer na quarentena para tornar a permanência em casa mais divertida. Valem lições de origami ou brincadeiras imaginárias com uma simples folha de papel.

Dentro de casa
Os conteúdos também sugerem formas de descobrir novas facetas do cotidiano para as crianças que estão sem poder sair à rua, brincar com os amigos e frequentar a escola.
O canal infantil Gloob, do Grupo Globo, criou o #GloobemCasa. “Está sentindo falta de brincar na rua e de estar com seus amigos, né?”, pergunta um dos vídeos do canal no Youtube, demonstrando empatia com o contexto pelo qual passam as crianças em meio à crise.

Não ignorar a situação em que vivem as crianças, privadas do convívio social e da liberdade de brincar, é uma forma de se aproximar do público nesse momento. Além de informar sobre cuidados preventivos, no Youtube do mundo Gloob há vídeos que mostram como o elenco do canal está passando a quarentena e o doutor Dr. Dráuzio Varella responde a perguntas que crianças enviaram pelo Instagram sobre o novo coronavírus.

E também tem live para o público infantil. A TV Cultura vem promovendo encontros virtuais com o elenco do Quintal da Cultura e convidados. Depois de produzir programetes informativos sobre o coronavírus, que são exibidos nos intervalos da programação, a TV aproveitou o boom de lives oferecidas em tempos de isolamento social e passou a realizar os encontros Quintal da Cultura Conta História da Quarentena, no Facebook e no canal do programa no Youtube.

TV Cultura promove lives infantis durante a quarentena. Foto: Divulgação

O período histórico pelo qual passamos também será contado pelas produções infantis produzidas nesse tempo. O registro dos cotidianos, a adaptação dos conteúdos audiovisuais e a empatia com as infâncias que atravessam esse período atípico têm o compromisso de manter uma responsabilidade social diante dessas novas narrativas.

 

Destaque: Vila Sésamo, lavar as mãos, frame do vídeo. Divulgação.